LOBINHO

Cerdocyon thous

Família

Pertence à ordem carnivora e à família canidae. Carnívoros contém 240 espécies em 7 famílias. 2 não existem no novo mundo: hienas (hyenidae) e mangustos (viverridae). São divididos em duas sub-ordens: Canniformia (cães, ursos, guaxinins e doninhas) e Feliformia (gatos, mangustos e hienas).

Caninos são cerca de 35 espécies em todo o mundo e contém cães, raposas, lobos, coiotes e chacais. O cão doméstico (Canis familiaris) é um deles, abrangendo mais de 400 raças. Apesar de serem espécies distintas há milhões de anos, cães domésticos, chacais, coiotes e lobos ainda podem acasalar entre si. Os dentes caninos (do latim caninus que significa "pertencente a um cachorro") são importantes armas para ferir e segurar as presas mas não são tão agudos como nos felinos. Eles não matam suas presas com uma mordida poderosa como os felinos e mustelídeos. Presas grandes são esvisceradas até a morte, estratégia típica de espécies que caçam em bandos.

Canídeos não são exclusivamente carnívoros. São bastante uniformes em forma, embora o comprimento proporcional de seus membros varie. Tem 5 dedos nas patas dianteiras e 4 nas traseiras, os primeiros das dianteiras não tocam o chão. Principal diferença de suas pegadas em relação aos felinos é que maioria dos caninos tem garras não retráteis, e marcas de garras são normalmente visíveis em suas pegadas, enquanto felinos que quase sempre retraem suas garras ao andar, quase nunca deixam marcas de suas garras.

A maioria tem boa visão, e principalmente aqueles que vivem em bandos dependem de um complexo conjunto de sinais visuais, como expressões faciais e posturas corporais para se comunicar quando juntos. Experimentos tem sugerido que como os gatos tem visão de cores muito limitada. Tem uma audição excelente, mas que duas vezes maior que a nossa. Essa capacidade auditiva ajuda a detectar roedores, que se comunicam através de ultra-som, os quais são as principais presas de muitas espécies. Também tem ótimo olfato, utilizado para caçar, se comunicar e para reconhecer companheiros. Duradouros laços sociais, raros nos carnívoros, são comuns nos caninos, e jovens tendem a depender mais de seus pais. Durante o acasalamento a ponta do pênis do macho incha e não pode ser retirada, fazendo com que eles fiquem juntos por mais de meia hora e aumentando a chance de engravidar a fêmea, antes que a mesma venha a acasalar com outro macho, como muitas o fazem.

Também conhecido como cachorro-do-mato, é a única espécie do gênero Cerdocyon.

 

Características

Mede 57 a 77cm de comprimento, cauda tem 22 a 41cm e pesa de 4,5 a 8,5Kg.

 

Comportamento

Ocupa a maior parte dos biomas, incluindo pântanos, savanas, cerrado, caatinga, floresta seca, mata atlântica e florestas de araucária. Desloca-se para áreas mais altas em regiões com inundação sazonal. Principalmente noturnos e crepusculares. Costumam vagar pelos territórios em pares e quando estão separados mantém contato por latidos a longa distância e de alta frequência. Embora possa haver sobreposições entre as áreas de vida de grupos vizinhos, foram observados episódios de perseguição e expulsão de invasores, apesar de tolerarem a presença de outros indivíduos quando certos alimentos estão facilmente disponíveis. Territórios variam de 1 a 10Km2. Normalmente descansam acima do solo, mas às vezes usam buracos de tatus para descansar.

 

Alimentação

Dieta inclui diversos frutos, notadamente de palmeiras como o dendê, vertebrados, insetos, anfíbios, caranguejos e outros crustáceos, aves e carniça. Aparentemente tem uma limitação quanto ao tamanho da presa, não conseguindo abater presas com peso corporal maior que o seu. Dieta varia de acordo com disponibilidade de alimento e em áreas de perturbação humana pode incluir frutas cultivadas, aves domésticas e até lixo. Podem consumir pequenas pedras de cascalho, presumivelmente como fonte de minerais.

 

Gestação

Ninhadas são produzidas 1 vez por ano, normalmente de junho a dezembro. Gestação leva aproximadamente 56 dias, quando nascem  de 2 a 6 filhotes pesando 120 a 160grs. Ambos os pais são responsáveis pela criação e cuidados de filhotes. Com 16 a 20 dias já consomem comidas sólidas e são desmamados com aproximadamente 90 dias. Filhotes permanecem com seus pais até dispersarem entre 18 e 24meses. Muitas vezes ocorre o retorno de filhotes adultos à área de vida dos genitores, sendo eles tolerados por seus pais.

 

Conservação

É o canídeo neotropical com distribuição mais ampla, ocorrendo do Uruguai e norte da Argentina até o norte na América do Sul, na Colômbia e Venezuela. No Brasil ocorre em todas as regiões exceto em algumas partes da planície amazônica. Adapta-se facilmente ao desmatamento. com o desenvolvimento da agricultura e horticultura. Provavelmente atuam como dispersores de sementes de várias espécies, como indicado pela germinação de sementes em suas fezes.

Classificados como de menor preocupação pela IUCN, são considerados comuns na maioria dos países e as populações são consideradas estáveis. Não é considerada ameaçada no Brasil. São perseguidos por fazendeiros por, devido à perda de habitat, entrarem em propriedades para capturar aves, gado e outros animais de criação, principalmente galinhas e cordeiros. Por conseguir vivem próximo de áreas urbanizadas, é constante vítima de atropelamentos.